DNS

De Portuguese ICANNWiki
Ir para: navegação, pesquisa

O Domain Name System (DNS, trad.: Sistema de Nome de Domínio) é o sistema utilizado para traduzir nomes de domínio alfanuméricos em números de protocolo de Internet. De forma resumida, o DNS converte os nomes digitados na barra de endereços do navegador de Web em Endereços IPs. [1]

Visão Geral

O DNS é composta de muitos servidores e bancos de dados que, através de uma série de pesquisas em vários caches, fazem a conversão de Nomes de Domínio em Endereços IP. O sistema de nome de domínio é um banco de dados distribuído, organizado hierarquicamente; sua finalidade é fornecer uma camada de abstração entre serviços de Internet (web, e-mail, etc.) e os endereços numéricos (endereços IP) usados para identificar exclusivamente a qualquer máquina determinada na Internet. O DNS associa os nomes de domínio atribuídos a uma variedade de informações e, sobretudo, traduz os nomes de domínio significativos para os seres humanos para os identificadores numéricos que localize o destino desejado.

Como isso funciona?

O DNS torna possível atribuir nomes de domínio de uma forma significativa de recursos da Internet, bem como para os utilizadores, independentemente da localização da entidade. Como resultado, os hiperlinks WWW permanecem consistentes, mesmo para dispositivos móveis. Um nome de domínio é uma maneira fácil de lembrar de um endereço, mas que precisa ser convertido em formato numérico, formato IP.[2]

A coordenação através da Internet é mantida por meio de um complexo sistema de raiz autoritativo, conhecido como o Top Level Domain(TLD), bem como o DNS e outros servidores de nome menores responsáveis por hospedar as informações do domínio individual.

O DNS inclui três tipos de domínios de nível superior: genérico (gTLD), código de país (ccTLD) na Internet e patrocinado (sTLD). gTLDs incluem domínios que poderiam ser obtidos por qualquer pessoa (.com, .info, .net e .org). Desde 2014 muitos outros gTLDs foram adicionados como .pub, .ngo, .chupa. sTLDs limitam-se a um grupo específico por exemplo Aero (para a indústria de transporte aéreo).

Para cada domínio, o DNS propaga a responsabilidade pelo mapeamento de nomes de domínio e atribuindo-os para endereços IP e vice-versa. Isso é realizado através de servidores de nome autoritativo que foram designado para cada domínio. Cada servidor de nome autoritativo é responsável por seu próprio domínio particular, mas tem a autoridade para atribuir novos servidores autoritativos para qualquer um de seus subdomínios. O DNS é capaz de armazenar muitos tipos de informações, até mesmo as listas de servidor de email para um domínio específico. O DNS é um elemento central que garante a funcionalidade da Internet através do seu serviço de redirecionamento distribuída baseada em palavra-chave.

No entanto, o DNS não inclui extensões de segurança, para isso foi desenvolvido como DNSSEC.

A estrutura do DNS

O Sistema de Nome de Domínios apresenta a seguinte estrutura:

  • Nome de espaço de domínio: representado pela árvore de nomes de domínio com nós e folhas.[3]
  • Sintaxe de nome de domínio: sao as regras que incluem padrões como RFC 1035, RFC 1123 e RFC 2181.
  • Servidor de nome.
  • Servidor de nome internacionalizados.
  • Resolvedor DNS: responsavel por iniciar as consultas que conduzirao à tradução completa (resolução) das informações.

Serviços DNS

Os tipos de serviços de DNS incluem:

  1. Gerenciamento de DNS
    1. Por meio de ferramentas e opções de administração DNS como gerenciamento de Registros A ou registros MX .
    2. Por meio do controle e gerenciamento do tráfego.
  2. Hospedagem de DNS
    1. Resolução de DNS eficiente
  3. Serviços de DNS local: para facilitar o trabalho, aumentar a satisfação e fortalecer o relacionamento com todos os visitantes.

Desenvolvimentos Recentes

Em 2012, uma proposta de projeto IETF, chamada DNS Extension for Autonomous Internet (AIP), foi escrita por três especialistas chineses com a finalidade de sugerir um método de operar servidores de raiz DNS alternativos dentro das fronteiras nacionais usando gateways para tradução. Todas as solicitações DNS carregariam um TLD adicional, a fim de designar que os pedidos estava sendo enviados para uma raiz alternativa.

Nó de domínio "www.yahoo.com" na rede B é expressa como "www.yahoo.com.B" para seu nome de domínio externo.

A proposta permitiria maior controle governamental sobre a Internet.[4]

Referências

  1. Definição de DNS
  2. Sobre o DNS
  3. Estrutura do DNS
  4. Especialistas chineses propõem dividir o DNS, domainincite.com

Links Externos

O que é DNS (Domain Name System)?